Agrupamento de Escolas de Pinheiro

Atividades para a comunidade
#Tutto Andrà Bene Versão para impressão

“#Tutto Andrà Bene” começou como um ato poético que contaminou o mundo. Em final de fevereiro a poetisa Luciana Landolfi espalhou esta frase, escrita em esferográfica e afixada em post-it pelas ruas de Brescia (Itália). Rapidamente se disseminou por todo o mundo, tornando-se um dos ícones da pandemia COVID-19. “Andrà Tutto Bene”, “Vai ficar tudo bem”, em português, rapidamente se transformou num hino de amor e confiança.

Em plena pandemia era urgente passar a mensagem “VAI FICAR TUDO BEM”! Era preciso espalhar “ESPERANÇA”!  Com a génese no grupo disciplinar de Educação Física, a disciplina de Educação Visual abraçou esta ideia, transformando-a na primeira proposta de atividade criativa para todas as turmas do 3º Ciclo.

Este projeto rapidamente se transformou numa “crónica emocional” que contagiou diversos professores. Conduziram-na para dentro da “sala de aula” e deram-lhe vida com os diversos conteúdos, desenvolvendo o trabalho interdisciplinar em DAC “Vai Ficar Tudo Bem” e “Esperança”. A mensagem foi - e é - clara: “NA EBS DE PINHEIRO, ESTAMOS TODOS JUNTOS!”

“As nossas vidas foram adiadas, mas eu sei que no final ficaremos todos bem …”, refere Flávio Cristóvam, natural da Ilha Terceira, na música deliciosa que marcou os tempos de quarentena.

E … “Vai ficar tudo bem”, como referiram os nossos alunos nos seus trabalhos, cujo produto final é o vídeo que se segue.

Parabéns a tod@s!

 

 

 
Dia Mundial da Alimentação 2019 Versão para impressão

No dia 16 de outubro, na Escola Básica e Secundária de Pinheiro, os alunos do 6.º ano de escolaridade comemoraram o Dia Mundial da Alimentação.

Esta comemoração, que encontrou a escola decorada, pelas professoras das Artes, com elementos alusivos ao tema do dia, teve como objetivo apelar à necessidade de se fazer uma alimentação saudável. Por isso, à hora de almoço, foi servida uma refeição completa na cantina da escola, onde os alunos, em conjunto com a sua Equipa de Professores, comeram um creme de legumes, filetes de peixe com arroz e salada, pão e, como sobremesa, puderam escolher maçã ou gelatina.

Seguiram-se outras atividades de sensibilização, que foram dinamizadas pelos professores das diversas disciplinas, e uma palestra sobre alimentação, que ficou a cargo de uma nutricionista do Centro de Saúde das Termas de S. Vicente.

As atividades desenvolvidas pelos professores foram o Ateliê de Artes, onde os alunos, através de técnicas de recorte e colagem, elaboraram crachás e marcadores de livros, representando alimentos saudáveis; e o Momento do Conto, onde as professoras de Português fizeram uma leitura expressiva e orientada do conto A sopa da pedra, da autoria de Miguel Borges, ilustrado por Carla Anjos, uma artista plástica de Penafiel.

A comemoração deste dia decorreu apenas no turno da tarde porque a caminhada planeada para o turno da manhã, com percurso a realizar ao longo de uma grande variedade de paisagens e de arruamentos: desde ruas urbanas a caminhos florestais e agrícolas, com passagem junto a campos de milho e vinhas, e com visita a dois locais com produção agrícola, proporcionando o contacto com a natureza –, teve de ser adiada devido à forte chuva que se fizera sentir nos dias anteriores e que se adivinhava também para esse dia.





No entanto, assim que as condições atmosféricas o permitiram, a caminhada foi concretizada, o que aconteceu no dia 24 de outubro. E, nas palavras dos nossos alunos, foi uma atividade muito positiva, conforme se pode ler nos textos de opinião/argumentativos elaborados por eles e de que damos nota aqui, através de dois exemplos:

«Os alunos das turmas do 6.º ano da Escola Básica e Secundária de Pinheiro realizaram uma caminhada, com passagem pela Estufa de Morangos, pela Casa dos Esteios e pela Estufa do Sr. Mendes.
Na caminhada, os alunos aprenderam como é que funcionam as estufas e aprenderam novos caminhos florestais. Conheceram também pessoas ligadas à agricultura.
Contudo, a caminhada foi grande e exaustiva.
Não obstante estes aspetos negativos, todos os alunos gostaram de fazer a caminhada e saíram dela com mais conhecimentos ligados ao trabalho agrícola.»
Rita Ferreira, n.º 21 – 6.º A
«Todos os sextos anos da Escola de Pinheiro desfrutaram de uma caminhada, que ocorreu em 24 de outubro.
Nesse dia, visitámos a estufa do Sr. Mendes, a Casa dos Esteios e a Estufa de Morangos.
Visto que alguns conheceram novos sítios, esta caminhada foi importante. Conhecemos também onde se plantam os morangos, os kiwis e demos um belo passeio por Cabeça Santa.
De qualquer forma, acho que não houve aspetos negativos, pois deram-nos a conhecer alguns sítios novos.
Por todas estas razões, a caminhada foi espetacular e saudável.»
Daniel Mendes, n.º 05 – 6.º A
No dia 16 de outubro, na Escola Básica e Secundária de Pinheiro, os alunos do 6.º ano de escolaridade comemoraram o Dia Mundial da Alimentação.
Esta comemoração, que encontrou a escola decorada, pelas professoras das Artes, com elementos alusivos ao tema do dia, teve como objetivo apelar à necessidade de se fazer uma alimentação saudável. Por isso, à hora de almoço, foi servida uma refeição completa na cantina da escola, onde os alunos, em conjunto com a sua Equipa de Professores, comeram um creme de legumes, filetes de peixe com arroz e salada, pão e, como sobremesa, puderam escolher maçã ou gelatina.
Seguiram-se outras atividades de sensibilização, que foram dinamizadas pelos professores das diversas disciplinas, e uma palestra sobre alimentação, que ficou a cargo de uma nutricionista do Centro de Saúde das Termas de S. Vicente.
As atividades desenvolvidas pelos professores foram o Ateliê de Artes, onde os alunos, através de técnicas de recorte e colagem, elaboraram crachás e marcadores de livros, representando alimentos saudáveis; e o Momento do Conto, onde as professoras de Português fizeram uma leitura expressiva e orientada do conto A sopa da pedra, da autoria de Miguel Borges, ilustrado por Carla Anjos, uma artista plástica de Penafiel.
A comemoração deste dia decorreu apenas no turno da tarde porque a caminhada planeada para o turno da manhã, com percurso a realizar ao longo de uma grande variedade de paisagens e de arruamentos: desde ruas urbanas a caminhos florestais e agrícolas, com passagem junto a campos de milho e vinhas, e com visita a dois locais com produção agrícola, proporcionando o contacto com a natureza –, teve de ser adiada devido à forte chuva que se fizera sentir nos dias anteriores e que se adivinhava também para esse dia.
No entanto, assim que as condições atmosféricas o permitiram, a caminhada foi concretizada, o que aconteceu no dia 24 de outubro. E, nas palavras dos nossos alunos, foi uma atividade muito positiva, conforme se pode ler nos textos de opinião/argumentativos elaborados por eles e de que damos nota aqui, através de dois exemplos:
«Os alunos das turmas do 6.º ano da Escola Básica e Secundária de Pinheiro realizaram uma caminhada, com passagem pela Estufa de Morangos, pela Casa dos Esteios e pela Estufa do Sr. Mendes.
Na caminhada, os alunos aprenderam como é que funcionam as estufas e aprenderam novos caminhos florestais. Conheceram também pessoas ligadas à agricultura.
Contudo, a caminhada foi grande e exaustiva.
Não obstante estes aspetos negativos, todos os alunos gostaram de fazer a caminhada e saíram dela com mais conhecimentos ligados ao trabalho agrícola.»
Rita Ferreira, n.º 21 – 6.º A
«Todos os sextos anos da Escola de Pinheiro desfrutaram de uma caminhada, que ocorreu em 24 de outubro.
Nesse dia, visitámos a estufa do Sr. Mendes, a Casa dos Esteios e a Estufa de Morangos.
Visto que alguns conheceram novos sítios, esta caminhada foi importante. Conhecemos também onde se plantam os morangos, os kiwis e demos um belo passeio por Cabeça Santa.
De qualquer forma, acho que não houve aspetos negativos, pois deram-nos a conhecer alguns sítios novos.
Por todas estas razões, a caminhada foi espetacular e saudável.»
Daniel Mendes, n.º 05 – 6.º A
 
Concerto de Natal 2018 Versão para impressão

 
Projeto de Mediação Juvenil Versão para impressão

No âmbito do Projeto de Mediação Juvenil desenvolvido pelo programa Qualificar Penafiel (www.adlagares.com/clds) a turma F do 8.º ano recebeu, nas aulas de Formação Cívica, a Dr.ª Andreia Teques (Psicóloga) e a Dr.ª Daniela Oliveira (Técnica de Animação Sociocultural), tendo sido abordados os temas seguintes:

  • Estilos de comunicação (8/11/2011);
  • Inteligência emocional e gestão de grupos (22/11/011);
  • Violência no namoro (3/1/2012);
  • Bullying (3/1/2012);
  • Valorização do percurso escolar (30/1/2012).

Reforçar competências pessoais e sociais para melhorar, a cada dia, o ambiente escolar.
Um colega... um amigo... um mediador. Um por todos! Todos por uma Escola, ainda, melhor!

8.º F

 
Parlamento de Jovens Versão para impressão

 

A Escola Básica e Secundária de Pinheiro aderiu ao programa «Parlamento de Jovens», uma iniciativa da Assembleia da República, em parceria com o Ministério da Educação e Ciência, cuja temática para 2012 é Redes Sociais - Combate à Discriminação (Ensino Básico) e Redes Sociais - Participação e Cidadania (Ensino Secundário).

Foi de forma muito entusiástica que os alunos e professores desta escola abordaram estas temáticas, tão pertinentes quanto atuais. A responsável pelo projeto a nível de escola, professora Emília Beato, e os coordenadores do Ensino Básico, professor João Santana, e do Ensino Secundário, professora Alice Neto, organizaram uma Sessão de Esclarecimento no dia 16 de dezembro de 2011, pelas 15h00, tendo como convidada a Dr.ª Vânia Neto, da Microsoft Portugal.

Esta sessão, muito participada, constituiu um privilegiado espaço informativo e de debate, com particular destaque para as grandes oportunidades que as redes sociais propiciam, mas, e também, os perigos que encerram, se não forem utilizadas com o devido espírito crítico e capacidade de discernimento.

Continuar...
 
Cantares das Janeiras no RCP Versão para impressão

 


Pág. 1 de 2

Contratação

Procedimentos concursais para contratação de escola.

Escola eTwinning

Autonomia e melhoria

TEIP3

Programa TEIP3

Contrato de autonomia de escola

CQP

Serviços

Serviço de Psicologia e Orientação

Projetos

Reutilizar livros escolares

Encarregado de proteção de dados

Esmeralda Diegues Nascimento
rgpd.dsrn@dgeste.mec.pt
225 191 900
Rua António Carneiro, 98
4349-003 Porto


Ligações rápidas

Correio electrónico escolar

Reservas de recursos

GIAE onlineGestão documental

Plano Anual de Atividades Notícias de blogues

Biblioteca Escolar

Escola Virtual

Ligações externas

Eco-Escolas

eTwinning

Portal das Escolas

PTE

SeguraNet